Notícias

Pastor é morto a tiros durante culto enquanto orava de joelhos

Um pastor de uma igreja localizada em Águas Claras(DF) foi morto a tiros durante um culto no domingo(4). O crime que ocorreu dentro da igreja aconteceu por voltas das 10h da manhã enquanto a vítima estava ministrando o culto.

De acordo com o relato de testemunhas e investigação da Polícia Civil, o pastor estava ajoelhado e orando quando os disparos foram realizados contra ele. O suspeito entrou no tempo e atirou contra o pastor pelas costas.

Um fiel também foi atingida por um disparo de raspão no pé, porém sem gravidade. Francisco Marques tinha 35 anos e deixou uma esposa de 22 anos.

O homicídio esta sendo investigado pela Policia Civil e o suspeito de realizar os disparos não foi localizado até o momento. O pastor Francisco Marques estava foragido do sistema judiciário desde agosto de 2018.

O passado do pastor Francisco

Ele era acusado por um homicídio ocorrido no estado do Piauí em sua cidade natal. Uma possível ligação entre os dois crimes não está descartado pela polícia. Este homicídio que Francisco é acusado data de 2016. De acordo com a sentença, no dia 3 de abril de 2016 ele teria atirado e matado Lucas da Silva Gomes.

A ex-mulher de Francisco também sofreu o atentado mas conseguiu sobreviver depois de passar por diversos tratamentos cirúrgicos.

Familiares, amigos e membros da Igreja Assembleia de Deus Voz do Calvário sepultaram o pastor após realizarem um “vaquinha” para pagar os custos funerário.

Muito emocionada, a viúva do pastor, Luana Marques de 22 anos disse que se sentia consolada pelo fato de ele “estar na igreja”. “Muitas pessoas disseram que ele iria morrer nessa vida[do crime], mas ele deixou um legado. E isso é o que mais nos consola”, disse Luana.

Ela ainda completou dizendo: “Ele dizia que um dia poderia vir alguém e matá-lo dentro da igreja, mas que ele seria salvo. Ele morreu de joelhos, orando ao Senhor”.


Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.