Notícias

Muita dor e comoção marcaram o enterro da jovem morta dentro de loja; vídeo é de cortar o coração

O corpo da vendedora Ana Bruna Rodrigues, de 22 anos, foi velado e sepultado neste domingo (1º) em São Tomé, onde mora a família dela. A jovem foi morta a tiros na última sexta-feira (29) dentro da loja na qual trabalhava na Avenida Senador João Câmara, no centro de Parnamirim, na Grande Natal.

Câmeras de segurança mostram o momento em que o homem entra na loja como se fosse um cliente, pergunta pela jovem e, ao encontrá-la, pratica o crime. O bandido usava boné e uma balaclava, para esconder o rosto. Nas imagens, ele chega à loja, procura a vítima, saca uma arma e efetua os disparos em seguida. Antes de morrer, a jovem se curva, como se já soubesse que fosse ser morta.

A jovem foi morta com cinco ou seis disparos à queima roupa. A PM chegou rapidamente, mas o criminoso também fugiu rápido.

Investigação

Nesta segunda-feira (2), a Polícia Civil informou que deu início às investigações sobre a morte da jovem.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa da cidade (DHPP) informou nesta segunda-feira (2) que começou a ouvir os primeiros depoimentos, mas não deu mais detalhes sobre o caso. Em nota, a Polícia Civil destacou que as informações obtidas durante as investigações permanecerão sob sigilo.

O jornal Tribuna do Norte e a TV Ponta Negra divulgaram nesta segunda que um homem teria sido preso e levado ao Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) para fazer exames. O objetivo era tentar identificar se havia vestígios de pólvora nas mãos para confirmar a autoria do crime. Essa informação, contudo, não foi confirmada pela polícia.


Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.