Notícias

Médica morre aos 31 anos após sofrer AVC e seu marido esclarece algo que choca a todos

Rafael Steffen Antunes é o marido da médica Flávia Burigo Antunes, de 31 anos de idade. Infelizmente, Flávia acabou tendo sua morte confirmada após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). E agora, o também médico Rafael, está pedindo por respeito em suas redes sociais. Ele tem recebido muitos comentários que afirmam que a causa da morte de sua esposa foi por conta de uma suposta reação da vacina contra a COVID-19.

“Respeito. Aqui existe uma família. Uma filha de 4 anos. Colocar-se no lugar do outro”, pediu ele.

E logo em seguida, ele afirmou que ainda não existe uma causa definitiva para explicar o AVC em sua esposa. Porém, investigações estão sendo realizadas. O médico ainda disse que as investigações podem demorar semanas e continuou a insistir que até o momento não existe nada que comprove a relação do AVC com a vacina.

Flávia Burigo já chegou a ter sido eleita a primeira princesa da Festa do Pinhão de Lages em 2013. Ela estava viajando ao lado de seu marido para a região de Balneário Camboriú, no dia 26 de novembro, quando sofreu o AVC.

Ela chegou a ser socorrida e encaminhada de helicóptero para uma unidade de saúde. No local, ficou internada na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) por quase uma semana. Porém, ela não resistiu e faleceu.

Flávia partiu e deixou seu esposo e sua filha pequena de 4 anos.


Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.