Notícias

Lembra do caso Eloá? 12 anos depois, veja como está Nayara Silva, melhor amiga da vítima.

Um dos casos que impressionou o Brasil nos últimos anos, foi o sequestro angustiante de Eloá e sua melhor amiga. As duas viveram momentos de terror enquanto estavam sobre a posse do sequestrador Lindemberg.

11 anos atrás o Brasil viveu a angústia junto com a família de Eloá e Nayara Silva que ficaram em posse do sequestrador, depois que ele não aceitou o fim do relacionamento que ele tinha de mais de 5 anos com Eloá.

Durante vários dias ele manteve a jovens em um cativeiro, mas durante negociações com a polícia liberou Nayara Silva. As duas eram bastante amigas e ficaram sobre a posse do homem que era considerado frio e calculista.

Após liberar Nayara, ele acabou mantendo Eloá por mais dias dentro do cativeiro sem ter nenhuma negociação com polícia. Uma entrevista após tudo que aconteceu, Nayara Silva revelou que desde quando estava no cativeiro ela já havia percebido que Lindemberg não tinha interesse de liberar Eloá com vida.

Foi quando os policiais resolveram invadir o cativeiro e durante a ação, o sequestrador acabou efetuando um disparo contra Eloá que não resistiu aos ferimentos e morreu dentro do seu cativeiro.
O caso repercutiu em todo o cenário Nacional, e mostrou a brutalidade e temperamento agressivo da ação de Lindemberg que acabou vitimando a jovem Eloá.
Muitas pessoas acabam se perguntando o paradeiro da amiga dela, Mayara Silva que também esteve sequestrada ao lado de Eloá naqueles dias caóticos da vida dela.
Após quase 12 anos, ela ainda relata e lamenta tudo ocorrido com a sua amiga naqueles dias que marcaram a sua vida profundamente. Umas fotos da jovem atualmente foram divulgadas e mostra o quanto ela mudou desde o dia em que foi sequestrada com Eloá.
Nas redes sociais ela segue compartilhando o seu dia a dia com seus seguidores e todos se encantam com as mudanças que aconteceram com ela após aquele dia tá ótimo na sua vida.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.