Notícias

Filhas de Gugu Liberato, fazem revelação polêmica sobre herança, expõem lado perverso da tia e disparam: ‘’manipulação e mentiras’’

A quase dois anos após a morte do querido apresentador Gugu Liberato, a briga pela herança do artista ainda continua a todo vapor na justiça. Com uma fortuna estimada em 1 bilhão de reais, o apresentador deixou 75% da sua fortuna para os filhos e o restante para os cinco sobrinhos.

Rose Miriam, mãe dos seus três filhos, acabou ficando de fora do testamento, e até hoje tenta reconhecer a união estável com ele. Recentemente as gêmeas Marina e Sofia, fizeram uma grave acusação contra a tia Aparecida Liberato, afirmando que ela faz manipulação e mentiras em relação a divisão da herança.

“minha tia e os advogados dizem que minha mãe não tinha união estável com meu pai, mas eles tinham sim, nós éramos uma família e só quem sabe a verdade somos nós, eu não sei porque eles não reconhecem minha mãe como companheira do meu pai, porque eu reconheço”.

Sofia, tinha o sonho de comprar um carro luxo, um Porsche, mas segundo ela a tia não deixou, dizendo que a justiça não permite um carro desse valor para uma jovem de 17 anos “Comprei um carro pela metade do preço. Eu realmente não fiquei feliz”, relatou.

Ainda de acordo com elas, o irmão, João, recebe um valor muito maior por mês, Marina e Sofia, recebia US$ 500 por mês cada uma, enquanto a avó ganharia R$ 163 mil mensais. “Conseguimos aumentar para US$ 1.000”, dizem.

As jovens querem saber como anda o processo. “Eles assinam coisas em nosso nome que a gente nem sabe. Um exemplo, o Alexandre, nosso primo, pediu um dinheiro altíssimo e ela (a tia) assinou como se a gente tivesse concordado, mas a gente nem sabia”, diz Sofia.

Alexandre, fez um pedido de R$ 900 mil de adiantamento da herança, mas a justiça negou. Ele poderá receber R$ 50 milhões da herança deixada por Gugu, que morreu no fim de 2019, vitima de acidente doméstico.


Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.