Notícias

Família abre o caixão durante velório e leva susto ao descobrir que idosa com Covid-19 não morreu

O ano de 2020 está sendo marcado por notícias extremamente tristes e dolorosas por conta da disseminação do covid-19, também conhecido como coronavírus, que ao redor do mundo já fez milhares de vítimas.

No Brasil a situação não está sendo diferente, pois de acordo com as Secretarias Estaduais de Saúde o número de pessoas contaminadas no país já ultrapassa 1 milhão e de mortes já chegou a triste marca de 51.407, por conta disso a preocupação aumenta ainda mais.

Um dos reflexos do aumento exponencial no número de mortes no país é o colapso no sistema funerário, uma vez que a taxa de mortalidade em algumas cidades aumentou mais de 110% por dia, e foi exatamente por isso que uma família vivenciou momentos difíceis e dolorosos recentemente.

Tudo aconteceu depois que parentes de uma possível vítima de covid-19, a dona Maria da Conceição Oliveira, de 68 anos foi tida como morta, mas no momento do velório, familiares decidiram abrir o caixão, e tiveram um enorme susto, pois o corpo que estava lá era de uma outra mulher.

Posteriormente todos indignados com o erro grotesco que foi cometido foram revoltados atrás de informações de Dona Maria, e tiveram uma grande surpresa, pois ela ainda está com vida, e lutando contra a doença.

Os familiares que chegaram a ficar 8 horas velando um corpo que não era o de sua familiar ficaram indignados com o tamanho descaso e erro grotesco que foi cometido, em um trecho do vídeo um deles comenta “Vocês tem que sentir nossa dor”.

De acordo com informações de Bruno Oliveira, que é neto de dona Maria, ela está se recuperando bem ao tratamento contra o vírus, e recentemente já chegou a dar uma pequena caminhada no quarto com a sua ajuda.

A decisão para abrir o caixão foi tomada depois de questionarem aos agentes funerários como era o corpo da vítima, uma vez que eles não podiam abrir o caixão, e os funcionários deram informações diferentes das características de dona Maria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *