Notícias

Delegada do caso Flordelis afirma: ‘Havia relação sexual entre todos’

O caso Flordelis ganhou novos capítulos nesta sexta-feira dia 13 de novembro com o início das audiências que irá determinar o mandante do crime que tirou a vida do pastor Anderson. A deputada Flordelis foi apontada pela investigação do Ministério Público e da Polícia Civil como  a mandante do assassinato do marido.

Após a morte do pastor Anderson do Carmo, muitas polêmicas envolvendo a família vieram à tona, com Flordelis sempre sendo o ponto central desses escândalos. Uma desses escândalos surgiu quando testemunha ouvida durante investigação chegou a afirmaram que Flordelis mantinha relações sexuais com fiéis da igreja.

Já nesta sexta(13), a delegada responsável pela primeira fase da investigação, Barbara Lomba, chamou atenção ao apontar como funcionava a dinâmica familiar entre o grande número de membros. Lomba afirmou durante a audiência: “Havia relações entre todos ali. Flordelis não se relacionava só com o Anderson e o Anderson não se relacionava só com ela [Flordelis]”. A delegada foi ouvida como uma testemunha de acusação contra Flordelis.

Ainda durante seu depoimento na audiência, a delegada relatou que o filho biológico de Flordelis, Flávio dos Santos, “se disse revoltado com as relações que viu na casa”. “As relações eram baseadas na mentira. Estabeleceu-se uma lógica de relação familiar baseada em estratégia e fachadas tinham que ser montadas. Muitas coisas que aconteciam na casa não poderiam aparecer”, Neste momento  a delegada definiu o casamento entre Anderson e Flordelis era mais uma “fachada” do que de verdade.

Já o delegado Allan Duarte, responsável pela segunda fase das investigações confirmou o  depoimento da colega ao relatar a influência centralizadora de Flordelis e a dinâmica de fachada que existia na casa.

O pastor Anderson do Carmo teve sua vida tirada no dia 16 junho de 2019, quando chegava em casa. Flordelis é acusada de ser a mandante do crime.


Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.