Notícias

Carta de Eloá é revelada, após 12 anos e novas informações da o que falar

O caso mais famoso da internet que teve um dia negro que fez com que as pessoas pudessem pensar duas vezes antes de se relacionarem com alguém porque muitas das vezes não conhecemos a fundo uma pessoa mesmo estando junto com a pessoa por mais de um ano.

O caso da Eloá Cristina Pimentel impactou o mundo todo e até hoje, internautas comentam aquela cena inesquecível que não irá sair tão cedo das nossas mentes.

Todo mundo lembra do caso que o namorado da Eloá, Lindemberg que n época tinha 22 anos e Eloá 15 anos, invadiu a casa da namorada e fez de refém, Eloá e sua amiga Nayara Rodrigues, aconteceu em São Paulo e Eloá e seus amigos estavam fazendo um trabalho da escola, onde todos os amigos foram liberados , restando assim a Eloá e sua amiga Nayara como reféns.

O carcere ficou mais de 100 horas, o namorado ficou em negociação com a polícia e não teve muito sucesso, onde a tropa de choque só invadiu o local por ter escutado um tiro saindo de dentro da casa.

Em uma luta corporal com a polícia, Lindemberg teve a oportunidade de disparar a sua arma atingindo o rosto da amiga Eloá e atingindo também a Eloá na cabeça, que morreu na hora.

Ficou claro que a polícia estava totalmente despreparada para tomar uma atitude como essa e entrar na casa sem saber o que estava fazendo, trazendo para a família de Eloá uma perda lastimável.

Apareceu uma nova carta psicografada de Eloá, onde a mesma informa que o tiro saiu da arma dos policiais e não da arma do namorado e que a Nayara sabe toda a verdade e não pode falar a verdade porque os policiais não deixa que a mesma fale toda a verdade.

Na carta Eloá fala que não sabe onde esta, só fala que esta sendo bem tratada por pessoas todas de branco e que são do bem, são da paz e que é um lugar de paz e reflexão.

Deixem os seus comentários sobre toda essa descoberta que tem trazido toda a verdade dos casos mais famosos do Brasil


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *