Notícias

Bebê passa a noite inteira chorando, e mãe entra em choque ao descobrir o que estava acontecendo; todo cuidado é pouco

Não é nenhuma dúvida que bebês são seres bastante sensíveis, necessitando de muita atenção, uma vez que, simples detalhes podem acabar incomodando-os de maneira extrema, como o caso que você verá logo a seguir.

Uma mulher, identificada apenas pelo nome de Riss, decidiu ir até a internet para compartilhar uma história bastante chamativa, através de seu perfil no TikTok. Na rede social, ela informou que havia passado a noite inteira fazendo de tudo para que seu bebê pudesse ficar bem, contudo, a criança chorava de forma contínua.

Através da descrição do vídeo compartilhado por Riss, ela informou: “Não conseguimos encontrar um motivo para o choro a noite toda. Tentamos de tudo”, mostrando, após, os pezinhos de sua filha, que era recém-nascida.

A mulher ainda contou que, no dia seguinte do choro interminável, ela havia olhado para os pezinhos da bebê, notando que havia fios enrolados. Através das fotos divulgadas na redes social, é possível ver que os membros da pequenina se encontravam vermelhos e inchados, uma vez que o fio havia rompido a circulação de sangue.

Ainda no vídeo, Riss ainda fez questão de destacar a importância dos pais e responsáveis ficarem sempre atentos nos detalhes. “Crie o hábito de verificar os das mãos e dos pés de seus bebês”, pediu ela, fazendo um alerta para todas as mamães que estavam assistindo o vídeo.

Riss ainda contou que o bebê, agora, está melhorando, conseguindo dormir de forma mais tranquila após todo cuidado. “Graças a Deus, notamos quando percebemos! Os dedos dos pés estão melhor!”, informou, deixando os fãs e seguidores despreocupados acerca do estado da criança.

Em algumas ocorrências mais sérias, há a possibilidade, até mesmo, dos fios enrolados por muito tempo nas mãos e nos pés acabarem provocando lesões nos nervos, podendo afetar o funcionamento dos órgãos. Por isso, é necessário estar sempre atento ao seu filho, verificando se não há nada de anormal.


Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.