Notícias

Após perder mulher que estava gravida de gêmeos, marido fala que esposa deixou dois anjinhos

O covid-19 deste do início do ano já fez levou embora vários sonhos de pessoas que estavam na flor da idade, muitas pessoas que tinham sonhos de acabar a faculdade, médicos que estavam há anos prestando serviço à população, crianças que ainda tinham um futuro pela frente.

Bom, foram muitos que morreram por causa do corona vírus e o caso de Larissa Branco, uma jovem de apenas 23 anos que estava grávida de 35 semanas, e estava esperando gêmeos.

Ela morreu depois de um parto com várias complicações por conta de estar com o coronavírus, foi um parto de emergência.

Diego Rodrigues, 24 anos marido de Larissa está cuidando sozinho dos bebês Guilherme e Gustavo.

Diego mora em São Paulo, ele fez um lindo desabafo ao falar que sua vida mudou do dia para noite depois do nascimento dos gêmeos e a perda de sua esposa.

É os gêmeos e o que dá força ainda para que Diego continuar. “Eu estou muito triste, não tiro ela da minha cabeça, e uma dor que parece que não vai ter fim.

Deus quis que ela fosse embora, mas com sua partida me deixou dois anjinhos , chorei muito quando vi eles pela primeira vez. lembra o jovem em entrevista ao G1, portal de notícias da Globo.

Guilherme e Gustavo testaram negativo para covid-19, mas ficou ainda no hospital para se recuperar, eles nasceram prematuros e tiveram que ficar uns dias ainda no hospital.

Diego contou que  ela precisou ir no hospital dia 26, porque tinha sintomas da doença.

No sábado ela entrou em trabalho de parto, e foi transferida para Botucatu.Ele contou emocionado que conseguiu entrar na sala, quando estava vindo ao mundo o primeiro bebê e falou da emoção da esposa ao ver o rostinho do bebê.

Larissa morreu depois de ter uma hemorragia, chegou a fazer uma transfusão, mas é hemorragia era muito intensa e infelizmente não conseguiram conter.

Logo após ela teve uma parada cardíaca, por volta das 6 horas, recebi a triste notícia que Larissa não aguentou e acabou falecendo.

O médico que fez o parto de Larissa disse que por ela esta com covid-19 o corpo não ia cicatrizar. disse Diego.

Ele também fez o teste para o covid-19 e deu positivo, mais o vírus não estava transmitindo o vírus, por isso pode estar perto dos bebês , e continua indo no hospital até os bebês tiverem alta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *