Notícias

12 anos após crime, como vive Alexandre Nardoni é o sinal que aqui se faz, e aqui se paga, veja

Um dos crimes de maior repercussão em todo país sem dúvidas foi o da Isabella Nardoni, a tragédia foi notícia na mídia internacional e comoveu milhares de pessoas pelo mundo afora, o crime aconteceu no dia 29 de março do ano de 2008, em um prédio residencial na rua Santa Leocádia, 138, Zona Norte de São Paulo.

O que aconteceu era simplesmente inimaginável que algo do tipo poderia acontecer, as pessoas ficaram abismadas com a história de que o próprio pai foi o autor do delito que acabou tirando a vida da pequena Isabella de apenas 5 anos.

Mais de 12 anos se passaram após o crime, porém, não foi concluído o caso pela justiça, o que causa bastante indignação nas pessoas. O tempo passou mais a imagem da menina Isabella Nardoni não sai da memória de quem a conhecia e até mesmo de quem viu a notícia que saiu nos principais jornais do país.

Alexandre Nardoni e a madrasta Ana Carolina Jatobá, foram considerados culpados pelo crime e estão na prisão até o ano de 2016, mas de nenhuma forma assumiram a autoria do crime que ceifou a vida de Isabella Nardoni.

Segundo o depoimento do casal a garota teria sido empurrada por bandidos que queria assaltar o prédio, e foram eles que empurraram a criança pela janela do edifício. Porém, as investigações provaram ao contrário, eles comprovaram que não teve nenhum assalto no lugar ou nas proximidades por aqueles dias.Aos 41 anos, Alexandre é graduado em Direito e atuava na função de advogado antes do crime. Na cadeia, o acusado teve várias funções.

Veja abaixo!

• Faxineiro
• Ajudante geral
• Apoio em lavanderia
• Ajudante de jardinagem

O réu findou sua influência, não poderá atuar na carreira de advocacia , além disso, ele segue atormentado pelo peso na consciência e na pandemia ele tem a obrigação de dormir na prisão.


Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.